Páginas

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Educação com sustentabilidade


A Construção da Sociedade Digital até a Criação da Educação Digital:
Estabelecendo um Novo Jeito de Ensinar e de Aprender.
Escrito por Lia Fernandes


A tecnologia tem contribuído para romper com os chamados conceitos imutáveis. Um simples “erro” na fabricação de um vidro criou as lentes de aumento, e a partir daí gênios como Galileu Galilei revolucionaram a Ciência, destruindo velhos dogmas, tais como:
-O mundo biológico é só o que os nossos olhos vêem; quando Galileu criou o microscópio, com seu invento, ele possibilitou a descoberta de um mundo microscópico, a ver a vida no aparente invisível.
-Quando Galileu construiu a primeira luneta rompeu com a teoria do Geocentrismo, bem como com a idéia estática, imutável, e com o imobilismo que a teoria afirmava em relação ao planeta Terra. Este rompimento impulsionou cientistas como Copérnico e Klepler, entre outros, descobrirem a teoria Heliocêntrica. O que permitiu ao homem a reflexão de que a Terra não era o centro do Universo, mas um pequeno astro celeste, parte do nosso Sistema Solar, que esta na “ponta” da Via Láctea, que tem outros sistema solares, e ela é apenas mais uma Galáxia, entre bilhões de Galáxias, onde cada uma tem trilhões de Estrelas.

A revolução da ciência só foi possível através do desenvolvimento e do aprimoramento tecnológico.

Da mesma forma que o nosso planeta sofre mudanças através de novas descobertas e da criação de novas tecnologias, conseqüentemente a sociedade passa por constantes transformações, em todas as áreas.

As transformações tecnológicas transformam a cidadania, a cultura, o campo políticosocioeconômico, as comunicações,etc, impulsionando grandes movimentos sociais. Estes movimentos ávidos por quebrar mitos, dogmas, velhos paradigmas (inclusive na educação).

A inserção da tecnologia no contexto educacional permitiu que a educação rompesse os limites de um “ecossistema” chamado escola (no molde tradicional), mudando o cenário da educação mundial.

Com tantas mudanças o mundo entra em uma nova era, a era da Sociedade Digital e da Educação digital.

A Sociedade Digital só ocupou seu território, depois que uma nova geração come-çou, de forma constante, estabelecer não mais como uma mera opção, ou uma simples alternativa, mas a usar como via de regra as ferramentas tecnológicas e os serviços da rede da internet.

O estabelecimento da geração digital e da sociedade digital começou de um processo simples até chegar a um nível mais complexo e específico. Começou como uma espécie (no caso da internet, apenas para uso militar inicialmente), depois estabeleceu uma população, que se transformou em uma comunidade, até criar seu próprio ecossistema (a sociedade digital), alcançando quase toda biosfera, tornando o processo imprescindível.

Essa geração digital tem como maior área de domínio e atuação a internet, que é um veículo multimídia, onde as informações ocorrem em tempo real, e da mesma forma, são atemporais. Esse processo contribui para formar o estudante autodidata, protagonista do seu conhecimento, que está no controle da sua aprendizagem, munido de suportes digitais variados e de modelos educacionais inovadores.

Os sujeitos digitais atuam sobre o efeito “on-demand”, onde eles escolhem a mídia mais adequada para seu processo de aprendizagem.

A geração digital “on-demand” encontra maior adaptação entre os alunos mais jovens, pois já nasceram dentro desse contexto e internalizaram a cultura digital.

O processo educacional que utiliza suporte digital é um contraponto à educação nos moldes tradicionais.

Mas no panorama mundial, apesar dos avanços tecnológicos, ainda trabalha-se muito com recursos tradicionais, que oferecem poucos atrativos para os mais jovens, que são fruto da cultura digital.

A educação digital é um processo colaborativo que permite a desterritorialização do saber, numa comunidade virtual de aprendizagem.

A diferença principal da educação digital para a tradicional é a ruptura com os espaços confinados, fixos, e localizáveis.

Nenhuma outra tecnologia proporcionou tanta mudança nos processos de ensino aprendizagem, e no estabelecimento da educação digital, como os recursos da informática.

A ferramenta que possibilita maior mudança é a internet, ela é uma mídia promissora, aberta, descentralizada, democrática, motivadora, contribuindo para uma aprendizagem cooperativa, interativa, dinâmica.

A internet favorece tanto o trabalho individual, quanto a aprendizagem colaborativa. A internet favorece variadas formas de comunicação, e a criação de comunicação inovadora, bem como a integração da internet com outras tecnologias na educação.

Dentro do contexto da educação digital, o papel do professor é o de ser um facilitador da aprendizagem, um mediador, é dar um sentido ao uso da tecnologia, gerenciando novas situações de aprendizagem de forma eficiente, estabelecendo um novo jeito de ensinar e de aprender.

Bibliografia:
-Texto mediador:Sociedade Digital e Educação Digital.Professora Maria Aparecida.
-Texto: Educação Digital. Prof.Dra Maria Aparecida José.
-Texto: Perspectivas atuais da educação, do Prof. Moacir Gadotti.
-Texto: TICS e educação, de Maria da Graça Moreira Silva.
-Texto: As mídias na educação, de Jesús Martín Barbero.
Sempre é tempo de louvar a Deus. Louvai ao Senhor, que só Ele nos da sabedoria.





















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto

Eusou bióloga e professora de biologia,de ciencias,de matemática e de geometria.
Sou de Minas,e amo o meio ambiente,e
tenho grande admiração por pessoas
que respeitam a natureza,e tratam o
meio ambiente em que vivem de forma
sustentável e inteligente. Lia

Seguidores do Blog Jardins e CIA, Seja Bem Vindo

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.