Páginas

domingo, 12 de abril de 2009

Canteiro de chá



Em uma outra parte do projeto, os alunos de outras turmas começaram a formar o canteiro de chá,mesmo no início ele já está em plena produção.Essa outra parte, dentro do projeto, resgata junto aos pais e avós dos alunos a utilidade dos chás medicinais, e dos medicamentos homeopáticos.
Aconteceu uma cerimônia do chá na sala de aula, como um recurso pedagógico, onde foram abordados vários assuntos sobre chás medicinais, aspectos da plantas, textos sobre o assunto, bibliografia específica, resultados de pesquisa na internet utilizando os recursos dos sites de busca, etc.A professora, no final, serviu chá do canteiro, para os alunos.
A supervisora Carmen, marcou uma reunião com os pais, na escola, para visitação dos canteiros, palestras sobre o assunto com o uso do datashow,apresentação das atividades desenvolvidas pelos alunos, e os próprios alunos explicaram sobre os chás medicinais, dando oportunidade para os pais e avós, relatarem suas experiências. Logo após, ocorre o cerimonial ou ritual do chá, e são servidos chás do canteiro.
Segundo Alves(2000), "existe alegria no livro que se escreve, no jardim que se planta e na criança que se ensina."
Um dos motivos da alegria na nossa vida é a estimulação constante dos nossos sentidos.Segundo Assmann (1998), "os nossos sentidos têm sido vistos apenas sob um enfoque: o de receptor do conhecimento externo e, com isso, deixa de ser reconhecida a sua ação de elaborador, no processo de aprendizagem."
Assmann diz mais, " essa visão nos dá conta de que não é real essa divisão de exterioridade e internalidade dentro do processo de ensino-aprendizagem, pois a recíproca é verdadeira e a comunicação é bidirecionada- indivíduo e meio interagem e comunicam, ensinando e aprendendo aos mesmo tempo.- Todo sistema vivo necessita estar conhecendo o seu entorno para continuar vivo e agir."
Um jardim ,uma horta, um canteiro de chá, um pomar, são soluções, simples, que oferecem um festival cores, aromas, sabores, texturas e sons que estimulam constantemente nossos sentidos, contribuindo na elaboração, no processo, de aprendizagem.
Segundo Fialho( 2001), " ainda que a construção de conhecimentos seja uma função de grande importância para o homem, não existe atividade mental que lhe seja específica"
Para isso precisamos de trabalho coletivo, em equipe, de áreas diversas, de somar esforços.
Segundo D'Ambrósio, " Somos transdisciplinares na nossa essência". A escola precisa ir além das disciplinas do currículo, e do planejamento básico anual. Ela precisa de estratégias diferenciadas de ensino, contextualizadas, com ferramentas de ensino inovadoras, motivadoras e funcionais
Tudo isso acontecendo dentro de uma proposta transdiciplinar ou interdisciplinar.
O projeto adote um canteiro do jardim da escola, busca , também, esses objetivos, fundamentado; na biodiversidade, na tecnologia, no manejo sustentável, na ética e na humanização.
Nesse processo cabe ao professor ensinar o aluno a pensar, mediando o ensino-aprendizagem, permitindo que o aluno tenha a capacidade critica e reflexiva, para que ele possa ter o papel de protagonista na construção dos seus conhecimentos.
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto

Eusou bióloga e professora de biologia,de ciencias,de matemática e de geometria.
Sou de Minas,e amo o meio ambiente,e
tenho grande admiração por pessoas
que respeitam a natureza,e tratam o
meio ambiente em que vivem de forma
sustentável e inteligente. Lia

Seguidores do Blog Jardins e CIA, Seja Bem Vindo

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.