Páginas

domingo, 12 de abril de 2009

Mais sobre rituais dos sentidos





Cerimônias de celebração dos sentidos como a do chá, são recursos simples que oferecem, momentos ùnicos na sala. Já realizei com meus alunos da sexta série, por exemplo, depois de uma aula de botânica, sobre sementes e frutos, o preparo de uma deliciosa salada de fruta. Depois teve um momento descontraído de desgustação, onde a aprendizagem continua, de forma muito saudável e gostosa , literalmente.
As aulas de ciências são muito privilegiadas em relação a s aulas de campo, e isto é uma celebração para os nossos sentidos, desde a ida ao zoológico, aos parques da cidade, ou praças, Escola Agrícola, viagem como foi feita o ano passado para Brasília, em um projeto interdisciplinar, onde a parte da ciências foi a fauna e a flora de Brasilia, e na volta passou por Caldas Novas, onde tem um parque ambiental, visita anual ao Parque dos Dinossauros, em Peiropólis, a hidrelétrica em Nova Ponte, e tantas aulas de campo, que geraram a exploração de todos os sentidos, além dos outros objetivos proposto nesses projetos. Não importa se você vai no canteiro da horta da escola, ou se vai pra Toca do Lobo, sempre aparecem oportunidades de estimular a percepção, a criatividade, os sentidos dos seus alunos.
Uma das sociedades mais sofisticadas atualmente é a Japonêsa.No entanto é uma sociedade que tem uma busca constante pela estimulação dos seus sentidos, com cerimônias das mais variadas, por exemplo; observar,em grupo, o florescimento das cerejeiras( botânica), reunião de ver a Lua, onde não se espera conversação mas a pessoa pode ser estimulada a escrever um poema (litera- tura e astronomia), reuniões em jardins para apreciar as flores e seus perfumes, reuniões que enquanto todos estão sentados e em silêncio, pedaços de diferentes qualidades de madeira são cuidadosamente incandescidos em um braseiro de carvão e então passados pelo grupo em bandejas diferentes para que cada um possa cheirá-los, e são sentidas as fragâncias e tenta-se descobrir que tipo de madeira é; rituais para ouvir a "música" dos insetos; rituais para observar e celebrar o cair da primeira neve no campo.
Esses tipos de rituais vão muito além de estimular e usar os sentidos, eles fornecem oportunidades únicas de ensino-aprendizagem, ajudam no exercício da disciplina de sala, no uso do senso comum. Preparando o aluno a ser criativo no uso de qualquer ferramenta de ensino, inclusive as ferramentas tecnológicas, tão indispensáveis na sociedade e na educação conteporâ- nea.
Cabe ao professor escolher um método que proporcione a ação e o diálogo. abraços.
_____________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto

Eusou bióloga e professora de biologia,de ciencias,de matemática e de geometria.
Sou de Minas,e amo o meio ambiente,e
tenho grande admiração por pessoas
que respeitam a natureza,e tratam o
meio ambiente em que vivem de forma
sustentável e inteligente. Lia

Seguidores do Blog Jardins e CIA, Seja Bem Vindo

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.